Para poupar animais, cidades desistem de fogos no Réveillon

Administração municipal informou que atendeu solicitação de diversas associações de protetores de animais.

Os animais ‘agradecem’. Foto: Pixabay

Atendendo a solicitação de diversas associações de protetores de animais, a administração municipal de Alfenas, em Minas Gerais, informou através do Facebook, nesta sexta-feira (29), que não irá realizar a tradicional queima de fogos de artifício no Réveillon.

Outra cidade que adotou uma medida similar para proteger os animais foi Campos do Jordão, em São Paulo. Por lá, o show pirotécnico na virada do ano será silencioso e terá 12 minutos apenas de cores e de brilho.

A medida é resultado de lei sancionada neste ano, que proíbe a queima de fogos com estampidos na cidade. Quem descumprir a decisão, corre o risco de pagar multa que varia de R$ 952,66 para pessoas físicas a R$ 2.256,30 para empresas.

“O objetivo da Lei é respeitar crianças, idosos e evitar danos aos animais, sensíveis aos ruídos causados pelos fogos de artifício tradicionais. Os danos por conta do barulho atingem tanto animais domésticos quanto os silvestres. Os pássaros, por exemplo, estão entre os mais prejudicados”, afirma a gestão municipal, em um comunicado compartilhado no Facebook.

*Com informações do LeiaJá