Desde 1º de Março, quando a linha de antecipação de restituição de Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) foi reaberta, 61 mil clientes já contrataram a operação no Banco do Brasil. Até o momento, o montante liberado soma R$ 170 milhões. Durante todo o período de 2017 em que a linha esteve aberta, o banco emprestou R$ 455 milhões.

As contratações por autoatendimento já representam 39% do volume total, aumento de 9% sobre o mesmo período de 2017. Destaque também para as contratações via aplicativo (app), responsável por 24% do desembolso em 2018, crescimento de 70% em relação a 2017.

O Banco do Brasil foi o primeiro banco a oferecer a contratação da linha diretamente pelo app ou Internet banking, sem a necessidade de o cliente ir até uma agência. Pelo próprio aplicativo ou na página do BB é possível enviar uma foto do recibo da declaração.

 

Após a confirmação da proposta, o crédito entra automaticamente na conta do cliente. A funcionalidade traz conveniência e ganho de tempo ao cliente, que receberá o crédito da antecipação sem precisar sair de casa.

Condições do crédito

A modalidade não compromete o orçamento mensal do cliente com parcelas e conta com taxas de juros a partir de 1,89% ao mês. Trata-se de uma boa opção de crédito aos clientes que possuem dívidas mais caras, como o cheque especial.

Com a linha é possível antecipar até 100% do valor do crédito a ser restituído, limitado a R$ 20 mil. O pagamento é feito somente na data do crédito da restituição ou no vencimento do contrato, que será no dia 15 de janeiro de 2019, o que ocorrer primeiro.

As contratações podem ser realizadas até 30 de setembro de 2018, via Aplicativo BB para celulares e tablets, pela Internet, nos terminais de autoatendimento, na Central de Atendimento BB e nas agências do banco em todo o país. Para ter acesso, os correntistas precisam indicar uma conta no BB para o crédito da restituição e devem ter limite de crédito aprovado.

Central de IRPF no aplicativo

Para este ano, os clientes do BB contam ainda com uma ajuda extra na hora de declarar o imposto. Na aba de gestão financeira pessoal “Minhas Finanças” no app BB, os lançamentos dos gastos de 2017 foram agrupados em categorias correlatas às disponíveis no programa de declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (pagamentos efetuados, bens e direitos, dívidas e ônus reais, doações efetuadas). Até o momento, a Central de IRPF indicou 17,2 milhões de lançamentos a 1,5 milhão de clientes.

A funcionalidade ainda permite consultar e salvar os informes de rendimentos de 2017 e de anos anteriores. Além disso, os clientes podem verificar o saldo bancário em 31/12/2017 e o prazo para entrega da declaração.

Mudança gera economia de papel

Os Informes de Rendimentos dos clientes pessoas físicas do BB estão disponíveis pelo Internet banking e pelo app da instituição. Outra novidade neste ano é que os clientes passam a ter o documento também pelo celular, podendo salvar ou compartilhar o documento.

Além da agilidade e comodidade aos contribuintes, a medida evita a derrubada de, pelo menos, 1.218 árvores de eucalipto. O documento é destinado aos clientes que possuem contas correntes e aplicações vinculadas na instituição, com saldo superior a R$ 140.

COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.