Libertadores: Corinthians perde por 1 a 0 para o Colo-Colo

O Corinthians visitou o Colo-Colo no Estádio Monumental David Arellano, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores, e perdeu por 1 a 0.

Corinthians foi derrotado pelo Colo-Colo. Foto: Colo-Colo/Reprodução
Corinthians foi derrotado pelo Colo-Colo. Foto: Colo-Colo/Reprodução

O Corinthians se complicou na disputa das oitavas de final da Copa Libertadores da América. Na partida de ida, o time paulista perdeu para o Colo Colo por 1 a 0, no Monumental David Arellano, no Chile.

Com Gabriel expulso no início do segundo tempo, os brasileiros produziram muito pouco ofensivamente e contaram com defesas de Cássio para não sofrer uma derrota maior.

Na partida de volta, em Itaquera, no dia 29 de agosto, o Corinthians precisa de uma vitória por dois ou mais gols de vantagem para se classificar. Se devolver o placar de 1 a 0, o time brasileiro leva a decisão para os pênaltis. Qualquer outro resultado garante os chilenos nas quartas de final.

O primeiro tempo foi de domínio do Colo Colo. Com uma postura ofensiva, o time da casa controlou as ações do meio de campo, principalmente através dos passes de Valdívia, e criou as principais jogadas de perigo.

De tanto pressionar, a equipe chilena foi recompensada aos 37 minutos. Valdívia lançou Opazo que avançou até a linha de fundo e cruzou. Barrios finalizou e Cássio defendeu, mas no rebote, Carmona completou para o fundo do gol e abriu o placar.

O que já estava complicado ficou ainda pior aos dez minutos da etapa final, quando Gabriel, que já tinha cartão amarelo, deu entrada dura em Carmona e foi expulso.

Sem conseguir equilibrar as ações com um jogador a menos, o Corinthians foi pressionado até o final do jogo e só não sofreu o segundo gol porque os atacantes chilenos estavam com pouca inspiração.

Nas melhores chances do time da casa, primeiro Valdés bateu de fora da área, Cássio espalmou e Pérez desperdiçou grande oportunidade no rebote, mandando por cima. Minutos mais tarde, foi a vez de Barrios receber dentro da área e bater de primeira, exigindo uma grande defesa do goleiro corintiano, que espalmou a bola em lance de puro reflexo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here