Beneficiado com ‘saidinha de Natal’, preso procura polícia para relatar problema com tornozeleira eletrônica

Segundo a publicação, o preso de 51 anos, notou falhas no equipamento quando colocou para recarregar.

Um preso beneficiado pela ‘saidinha de Natal’ procurou a Polícia Civil de Araraquara (SP), na quarta-feira (26), para relatar que a tornozeleira eletrônica que usa não estava funcionando. A informação é do G1.

Segundo a publicação, o pedreiro de 51 anos, notou falhas no equipamento quando colocou para recarregar.

Com medo de ser encarado como foragido e perder os benefícios conquistados, ele ligou no presidio e pediu orientação para registrar um boletim de ocorrência.