Uma mulher de 31 anos foi presa suspeita de estupro de vulnerável contra a própria filha, de 6 anos, em Catalão, Goiás. A informação é do G1.

Leia também

De acordo com a Polícia Civil, ela fez sexo com o namorado na frente da criança e, em seguida, o ajudou a abusar da menina. A corporação também apurou que ela enviava fotos das partes íntimas da garota para o companheiro, que também foi detido.

O caso veio à tona depois de a vítima pedir ajuda a uma irmã de 17 anos após abuso, e as duas procurarem o Conselho Tutelar.

Segundo a polícia, o casal tem cinco meses de namoro. A mulher tem seis filhos – dois são maiores de idade, e os outros têm 17, 17, 13 e 6 anos.

O casal vai responder pelos crimes de estupro de vulnerável e transmissão, prática de ato sexual na presença de criança, troca e divulgação de cena de nudez de criança. As penas previstas variam de 8 a 20 anos de prisão em regime fechado.