A família de uma mulher de 23 anos interrompeu o velório da jovem e chegou a retirar seu corpo do caixão, na esperança de que ela ressuscitasse. Apenas a intervenção da polícia e de um médico permitiu que ela fosse enterrada. O caso aconteceu neste sábado (5), em Palmeira dos Índios (AL).

Segundo o UOL, durante o velório os parentes tiraram o corpo do caixão e o colocaram em uma cama em um dos quartos do imóvel. Segundo a polícia, eles acreditaram que a jovem iria ressuscitar.

A confusão de que um milagre iria acontecer começou, segundo a polícia, depois que familiares afirmaram ter visto o corpo de Jéssica se mexer no caixão. Além disso, uma tia da jovem, que é evangélica, teria feito um ritual com orações e pediu que a família aguardasse porque a jovem ressuscitaria às 7h de sábado.

Várias pessoas se aglomeraram na casa onde acontecia o velório na esperança da jovem voltar a viver. A polícia foi acionada.

No local, mesmo com a presença dos policiais, os familiares continuaram irredutíveis. Pouco depois, a polícia levou um médico que confirmou a morte já informada pelo hospital.

Após fazer os procedimentos, o médico constatou o óbito. “A parte religiosa não discuto, mas não há como contestar que ali se tratava de um cadáver”, disse ele.

A família diz que vai fazer uma vigília no cemitério porque acredita que a mulher pode ressuscitar a qualquer momento.