Força Nacional. Foto: Vladimir Platonow/Agência Brasil
Força Nacional. Foto: Vladimir Platonow/Agência Brasil

Após determinar, na quinta-feira (3), a mobilização da Força Nacional de Segurança Pública (FN), o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, autorizou nesta sexta-feira (4) o envio da tropa ao estado do Ceará. Cerca de 300 homens e 30 viaturas da Força Nacional seguem para o estado e atuarão por 30 dias em ações de segurança e apoio à Polícia Federal (PF), à Polícia Rodoviária Federal (PRF), ao Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e às forças policiais estaduais. Caso necessário, o prazo de atuação da FN poderá ser prorrogado.

A decisão foi tomada após os episódios de violência registrados e à dificuldade das forças locais combaterem sozinhas o crime organizado. Também foram consideradas a gravidade dos fatos, a necessidade de manutenção da segurança pública e o dever das forças policiais federais e estaduais de, por ação integrada, proteger a população civil e o patrimônio público e privado de novos incidentes.

Ainda foi determinado que as polícias federais intensifiquem as ações de prevenção e repressão ao crime organizado e que o Depen preste todo o apoio necessário para as ações de segurança pública no estado.

A forma de atuação será definida pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) do MJSP.

A decisão do MJSP atende à solicitação do governador do estado.