Veja quem são os 22 integrantes do PCC que foram transferidos para presídios federais

Governo de SP descobriu plano de fuga e ameaças de morte ao promotor que combate a facção. Presos foram para Rio Grande do Norte e Rondônia.

O detento Marco Willians Herbas Camacho, apontado como líder máximo da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), e outros 21 presos ligados à organização foram transferidos para presídios no Distrito Federal, no Rio Grande do Norte e em Rondônia nesta quarta-feira (13). Os detentos estavam no presídio de Presidente Venceslau, no interior do estado.

Em novembro do ano passado, a Justiça havia autorizado, a pedido do Ministério Público, a transferência, de outros cinco líderes do PCC para presídios de segurança máxima federais.

Veja quem foram os transferidos nesta quarta-feira (13):

Marco Willians Herbas Camacho, Marcola

Marcola é o chefe da facção. Sua última condenação ocorreu em 2018, quando foi sentenciado a 30 anos de prisão no processo da Operação Ethos, que investigou o setor jurídico da organização criminosa.

O total das penas impostas já ultrapassa 300 anos. Foi o responsável por coordenar o plano de resgate das lideranças da facção.

Alejandro Juvenal Herbas Camacho Júnior, Marcolinha

Irmão de Marcola e um dos chefes da facção. Seria um dos resgatados. Ajudou a planejar a operação de resgate e ordenar investimentos em logística, compra de veículos blindados, aeronaves, material bélico, armamento de guerra e treinamento de pessoal.

Alessandro Garcia De Jesus Rosa, Sandrinho

Ajudou a preparar a operação de fuga. Também seria um dos resgatados.

Alexandre Cardoso Da Silva, Bradock

Apontado pelo Ministério Público como um dos chefes e beneficiados da operação de resgate. Também atuou na preparação do plano.

Almir Rodrigues Ferreira, Nenê do Simione

Membro do alto escalão do PCC. Ordenou ataques a prédios públicos e ônibus, homicídios e rebeliões. Está envolvido em tráfico internacional de armas, drogas e munições e contabilidade da facção.

Antonio José Muller Junior, Granada

Um dos chefes da facção, ajudou a orquestrar plano de fuga, com aquisição de materiais bélicos e veículos para transporte. Seria um dos resgatados.

Célio Marcelo Da Silva, Bin Laden

Atua em organização para praticar crimes “extramuros”. Planejou, com membros em liberdade, a ação de resgate dos presos. Deu ordens para a realização de tráfico internacional de drogas, roubos e outros crimes. Além disso, escrevia cartas periódicas incitando comparsas para execução de seus comandos.

Cláudio Barbará Da Silva, Barbará

Um dos chefes da organização, sua permanência em penitenciária estadual facilitaria a comunicação com outros membros. Deus ordens para tráfico nacional e internacional de drogas, compra de armas e munições e fez pagamentos de despesas de visitantes.

Cristiano Dias Gangi, Crisão

Motivo da transferência: Responsável pela estruturação e comando da facção, utilizou advogados e visitas como ponte para transportar cartas para membros em liberdade ou em penitenciárias sem comunicação de celular.

Daniel Vinicius Canonico, Cego

Membro primeiro escalão da organização, seria um dos beneficiados pelo plano de fuga. Integrou a equipe de planejamento da operação.

Fernando Gonçalves Dos Santos, Azul

Um dos chefes da facção e planejadores da operação de resgate. Coordenava o tráfico na Baixada Santista.

José De Arimatéia Pereira De Carvalho, Pequeno

Liderança no PCC. Transferência motivada, segundo a decisão, por facilitar a “comunicação, estruturação e comando da organização” por meio de advogados e visitas “que servem de ponte”.

Julio Cesar Guedes De Moraes, Carambola

Membro da alta cúpula da facção, seria um dos resgatados. Dava ordens para integrantes presos e em liberdade sobre tráfico de drogas, compra de armas e execuções de policiais e autoridades.

Lourinaldo Gomes Flor, Lori

Apontado como um dos membros da alta cúpula da facção e um dos organizadores do plano de fuga. É assaltante de bancos e atua como financiador das ações da organização.

Lucival De Jesus Feitosa, Val Do Bristol

Membro primeiro escalão da organização, seria um dos beneficiados pelo plano de fuga. Integrou a equipe de planejamento da operação.

Luis Eduardo Marcondes Machado De Barros, Du Da Bela Vista

Apontado como um dos membros da alta cúpula da facção e um dos organizadores do plano de fuga.

Márcio Luciano Neves Soares, Pezão

Envolvido na organização do plano de fuga. Um dos chefes da facção.

Patric Velinton Salomão, Forjado

Um dos chefes da facção, seria um dos beneficiados pelo plano de fuga. Integrou a equipe de planejamento da operação.

Pedro Luiz Da Silva Moraes, Chacal

Membro da alta cúpula da facção. Um dos idealizadores do plano de resgate.

Reginaldo do Nascimento, Jatobá

Ocupa posição de liderança na organização. Transferência motivada, segundo a decisão, por facilitar a comunicação, estruturação e comando da organização por meio de advogados e visitas.

Reinaldo Teixeira Dos Santos, Funchal

Ajudou a preparar a operação de fuga. Também seria um dos resgatados.

Rogério Araujo Taschini, Rogerinho

Atua na liderança da organização. Praticou crimes graves dentro da penitenciária e apresenta alta e incomum periculosidade.