Temporal mata duas pessoas e alaga SP. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Chuva em São Paulo. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A chuva que atinge a capital paulista na tarde deste domingo (17) colocou toda a cidade em atenção para alagamentos, segundo classificação do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE). A subprefeitura do Campo Limpo, na zona sul paulistana, é a única região em estado de alerta por causa do transbordamento do Córrego Morro do S, na Avenida Carlos Caldeira Filho.

Às 15h24, o Corpo de Bombeiros recebeu um chamado de queda de um carro em um córrego no Capão Redondo, informando que, pelo menos, duas pessoas estariam no veículo. Ainda não há detalhes sobre a ocorrência.

Por volta das 16h, a chuva atingia com mais intensidade a zona sul da capital. O temporal já se deslocava em direção ao ABC paulista. Essa região foi uma das mais atingidas com as chuvas na última semana, com registro de 14 pessoas mortas.

Há quatro pontos de alagamento na cidade, sendo três intransitáveis. Um deles fica na Lapa, zona oeste, na Rua Turiassu. Os outros dois ficam na zona sul: na Cidade Ademar, na Avenida Interlagos; e em Santo Amaro, na Avenida Vitor Manzini.

Previsão

Para os próximos dias estão previstas pancadas de chuva nos finais de tarde e elevação gradual das temperaturas, segundo o CGE. Amanhã (18), a semana deve começar com tempo abafado e quente. A máxima deve alcançar 30ºC. O risco de chuva moderada pode provocar alagamentos, principalmente nas vias mais impermeabilizadas da cidade.

Na terça-feira (19), a previsão é de temperatura em elevação e pancadas de chuva à tarde. A temperatura mínima ficará em torno de 21ºC e a máxima, 31ºC.