Governador Ibaneis Rocha. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Governador Ibaneis Rocha. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, criticou neste sábado (23) a decisão do ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública) de transferir Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola, para um presídio de segurança máxima de Brasília.

Leia também

Em entrevista ao Metrópoles, Ibaneis disse que Moro não o avisou da vinda do líder do PCC (Primeiro Comando da Capital) ao Distrito Federal, realizada na sexta-feira (22).

“Fui avisado depois e achei isso um desrespeito. Moro conhece muito de corrupção, de segurança provou que não conhece nada”, declarou.

De acordo com o governador, logo após a transferência, Moro o telefonou e “ouviu poucas e boas”.

O governador ainda disse que fará de tudo para que Marcola não fique na capital. “Estou preparando uma ação Judicial, com base na Lei de Segurança Nacional. Vou entrar na Justiça contra essa transferência e fazer todas as gestões junto ao governo federal para mostrar que isso é um absurdo.”