Ciclone Idai: pelo menos 150 mortos na África. Foto: Reprodução
Ciclone Idai: pelo menos 150 mortos na África. Foto: Reprodução

A passagem do ciclone Idai por Moçambique, Zimbábue e Malaui deixou pelo menos 150 pessoas mortas, centenas desaparecidas e milhares isoladas, informaram autoridades locais neste domingo (17).

O ciclone Idai afetou mais de 1,5 milhões de pessoas nos três países, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU).

O levantamento do número de vítimas ainda está em andamento, dado que há locais de difícil acesso devido à subida do nível dos rios.

Casas, escolas, empresas, hospitais e esquadras ficaram destruídas. Milhares de pessoas foram afetadas pelas inundações e abandonaram os seus pertences na busca de segurança em locais mais elevados.

Agências da ONU e da Cruz Vermelha estão no local ajudando, entre outras coisas, com o fornecimento de alimentos e medicamentos.