Alexandre Pato jogou no São Paulo entre 2014 e 2015. Foto: Rubens Chiri/São Paulo
Alexandre Pato jogou no São Paulo entre 2014 e 2015. Foto: Rubens Chiri/São Paulo

Quem não se lembra das constantes demonstrações de afeto e respeito de Alexandre Pato pelas cores vermelha, branca e preta? A partir desta quarta-feira (27), a história do atacante com a camisa do Tricolor passa a ganhar novos capítulos: Pato está de volta ao clube, agora em definitivo, com contrato até 2022.

O dia 27 de março, que já era marcado pelo centésimo gol de Rogério Ceni na carreira e a calorosa recepção da torcida a Luis Fabiano no aeroporto, torna-se ainda mais especial para os são-paulinos.

Após rescindir o contrato com o Tianjin Tianhai, antigo Tianjin Quanjian, da China, o atacante recebeu propostas de outros clubes do Brasil e do exterior, mas não teve dúvidas ao fazer sua escolha. A paixão pelo São Paulo e as boas lembranças da passagem anterior, entre 2014 e 2015, falaram mais alto.

A primeira passagem de Alexandre Pato no Tricolor marcou um dos melhores momentos na carreira do atacante. Rapidamente identificado com o clube, o jogador conquistou a torcida e mostrou que estava com a pontaria calibrada.

O atleta chegou ao São Paulo em 2014, por empréstimo do Corinthians por duas temporadas. No time são-paulino, o atacante disputou 101 jogos, balançou as redes 38 vezes e deu 16 assistências – 53 vitórias, 17 empates e 31 derrotas.

Além de inúmeras demonstrações de amor pelo clube neste período, Pato viveu momentos marcantes no clube, como marcar o gol de número 3000 do Tricolor no Morumbi, em 2015, na vitória sobre o Vasco da Gama por 3 a 0.

Os números também reforçaram a trajetória goleadora do jogador pelo São Paulo: foi o artilheiro do time em 2015, com 26 gols, sendo esta a maior marca desde 2012, quando Luis Fabiano anotou 31 gols.

No final daquele ano, com o término do empréstimo, Pato seguiu para a Europa e depois foi transferido para o futebol chinês. Mesmo de longe, porém, o atleta nunca escondeu a admiração pelo Tricolor. Visitou o Morumbi, torceu pela equipe no estádio e recebeu inúmeras demonstrações de carinho da torcida, que também sentia saudade do jogador.

Bem-vindo de volta, Pato!

ALEXANDRE PATO

Nome completo: Alexandre Rodrigues da Silva
Data de nascimento: 02/09/1989 (29 anos)
Local de nascimento: Pato Branco-PR
Altura: 1m80
Peso: 78 kg

Clubes:

2006-07 – S.C. Internacional
2007-13 – A.C. Milan (Itália)
2013-14 – S.C. Corinthians P.
2014-15 – São Paulo F.C.
2016 – Chelsea (Inglaterra)
2016-17 – Villarreal (Espanha)
2017-2019 – Tianjin Tianhai (China)
2019 – São Paulo F.C.

Títulos por clube:

2006 – Mundial de Clubes da FIFA
2007 – Recopa Sul-Americana
2008 – Troféu Luigi Berlusconi
2009 – Troféu Luigi Berlusconi
2010/11 – Campeonato Italiano
2011 – Supercopa da Itália
2013 – Campeonato Paulista
2013 – Recopa Sul-Americana
2014 – Vice-campeão Brasileiro

Títulos pela Seleção Principal:

2009 – Copa das Confederações

Títulos pelas Seleções de base:

2006 – Copa Sendai Sub-18
2007 – Campeonato Sul-Americano Sub-20
2008 – Medalha de Bronze nos Jogos Olímpicos de Pequim
2012 – Medalha de Prata nos Jogos Olímpicos de Londres

Prêmios no profissional:

2009 – Oscar del Calcio – Seleção dos melhores do Campeonato Italiano
2009 – Golden Boy – Melhor jogador atuando na Europa até 21 anos

Prêmios nas categorias de base:

2005 – Melhor jogador da Copa Macaé de Futebol Sub-17
2006 – Melhor jogador da Copa Sendai Sub-18
2006 – Melhor jogador do Campeonato Brasileiro Sub-20

Artilharia no profissional:

2007 – Recopa Sul-Americana (dois gols)

Artilharia nas categorias de base:

2006 – Campeonato Brasileiro Sub-20 (sete gols)
2006 – Copa Sendai pela Seleção Brasileira (quatro gols)

Destaques:

2006 – Jogador mais jovem a marcar em uma competição oficial da FIFA – Mundial de Clubes

Artilharia no São Paulo:

2015 – Artilheiro do elenco, com 26 gols