Chapecoense venceu por 1 a 0. Foto: Márcio Cunha/Chapecoense
Chapecoense venceu por 1 a 0. Foto: Márcio Cunha/Chapecoense

Enquanto não chega o domingo e a final do Paulistão Sicredi, o Corinthians enfrentou a Chapecoense pela partida de ida da quarta fase da Copa do Brasil e foi derrotado por 1 a 0 na Arena Condá, em Chapecó.

Com o resultado, o Corinthians chega a quatro jogos sem marcar gols, com derrotas por 1 a 0 para Ceará e Santos, e empate por 0 a 0 com o São Paulo.

A vitória dá à Chapecoense a vantagem de jogar pelo empate na partida de volta, na próxima quarta-feira, na Arena Corinthians, em Itaquera.

Com muitos titulares poupados, o Corinthians começou mal a partida e viu a Chapecoense dominar as ações e criar as principais jogadas de perigo. O time da casa só não abriu o placar antes, porque o goleiro Walter, substituindo o titular Cássio, fez duas belas defesas em finalizações de Everaldo, primeiro de cabeça, depois em cobrança de falta.

Aos 33 minutos, essa superioridade da equipe catarinense finalmente se traduziu em gol. Após cobrança de escanteio, a defesa corintiana afastou, Bruno Pachecou pegou a sobra e a bola ficou para Aylon, livre dentro da área, tocar para o fundo do gol.

No intervalo, o técnico Fábio Carille promoveu as entradas de Clayson e Ralf, deixando o time mais próximo daquele que a torcida corintiana está acostumada a ver. Mesmo assim, logo no primeiro ataque da etapa final, Gustavo Campanharo arriscou de fora da área e carimbou o travessão, assustando novamente o goleiro Walter.

Aos poucos, o Corinthians passou a pressionar, principalmente através de jogadas pela ponta esquerda e escanteio cobrados por Clayson. No entanto, a Chapecoense conseguiu se segurar e evitar o empate até o apito final, conquistando importante vantagem para a partida da volta.