Palmeiras venceu o América-MG. Foto: Site oficial/Palmeiras
Palmeiras venceu o Junior Barranquilla. Foto: Site oficial/Palmeiras

O Palmeiras se recuperou da eliminação do Paulistão Sicredi ao derrotar o Junior Barranquilla pelo placar de 3 a 0 na noite desta quarta-feira (10), no Allianz Parque, pela quarta rodada da Copa Libertadores da América.

Com o resultado, o Palmeiras continuou firme na segunda posição do Grupo F, agora, com nove pontos, contra dez do líder San Lorenzo. O Melgar é o terceiro, com quatro. Já o Júnior ainda não pontuou.

O Junior fez frente ao Palmeiras e criou a primeira grande oportunidade da partida em um erro de Luan. O zagueiro tentou afastar o cruzamento de Sambueza e jogou contra o próprio gol. Weverton fez grande defesa. O lance não intimidou o clube paulista, que acabou crescendo e abriu o placar aos 19 minutos. Em cobrança de falta de Scarpa, Viera jogou nos pés de Dudu. O camisa 7 bateu de chapa e parou em nova defesa do goleiro, mas a bola voltou na cabeça de Deyverson, que colocou no fundo das redes.

O Palmeiras ainda quase fez o segundo com Dudu, após passe de calcanhar de Gustavo Scarpa. O Junior, por outro lado, respondeu com um arremate de Hernández, rente à trave de Weverton. O time colombiano ainda cresceu nos minutos finais, chegou a ameaçar, mas fez pouco para buscar o empate ainda na etapa inicial.

No segundo tempo, o Palmeiras voltou melhor e ampliou logo aos nove minutos. Bruno Henrique cobrou falta para Dudu. O camisa 8 arriscou de longe e mandou para o gol. A bola ainda bateu na trave, antes de parar nas redes de Viera. O atacante ainda marcou mais um, logo na sequência, mas o lance acabou anulado. O árbitro assinalou impedimento de Mayke.

O Palmeiras continuou em cima e desperdiçou uma grande oportunidade de fazer o terceiro. Aos 34 minutos, Felipe Pires foi lançado em velocidade. Ele tocou para Gustavo Scarpa, que chutou e viu Viera fazer um milagre para salvar o Junior.

O Palmeiras, porém, conseguiu fazer o terceiro. Hyoran tocou para Dudu, que devolveu de calcanhar para o atacante decretar o triunfo de 3 a 0 diante do clube colombiano.