Com três gols anulados, a Seleção brasileira ficou no empate por 0 a 0 com a Venezuela na noite desta terça-feira (18), na Arena Fonte Nova, pela segunda rodada da Copa América. Apesar do resultado, segue na liderança do Grupo A, com quatro pontos.

Brasil e Venezuela fizeram um primeiro tempo equilibrado. A seleção de Tite arriscou com Richarlison, que parou na defesa de Fariñez, e com David Neres, em chute pela linha de fundo. Já o o adversário chegou com Rondón. Ele ganhou de Marquinhos e cabeceou rente à trave de Alisson.

O Brasil ainda chegou a marcar com Firmino, mas o árbitro acabou anulando o lance. Após o lance, a Venezuela se fechou e conseguiu anular os pontos fortes da equipe brasileira, que não conseguiu passar pela forte marcação e foi para o intervalo com 0 a 0 no placar.

A seleção da casa voltou para o segundo tempo voltado ao ataque. Gabriel Jesus entrou no lugar de Richarlison e colocou fogo na partida. O camisa 9 até chegou a marcar, após passe de Firmino, mas a arbitragem anulou o lance, assinalando impedimento do atleta do Liverpool na jogada.

O Brasil voltou a fazer um gol. Everton fez fila pelo lado esquerdo, invadiu a área e cruzou, a bola parou com Coutinho, que colocou no fundo das redes. No entanto, o jogador do Liverpool, que estava mais uma vez em posição irregular, desviou antes de chegar ao gol.

Nos minutos finais, o Brasil saiu na pressão, mas acabou esbarrando na boa marcação da Venezuela, que se fechou para segurar o empate.

Na próxima rodada, o Brasil enfrenta o Peru no sábado, às 16h, na Arena Corinthians, em São Paulo. No mesmo dia e horário, a Venezuela encara a Bolívia, no Mineirão, em Belo Horizonte-MG.