O inverno chegou e os lábios costumam sofrer com o tempo frio e seco, mas saiba que este não é o único motivo para que seus lábios ressequem, na verdade a aparência labial pode mostrar muito sobre sua saúde, por isso, preste muita atenção nessas dicas que a Sociedade Brasileira de Dermatologia de Mato Grosso do Sul (SBD/MS) separou para você:

Lábios secos: O ressecamento dos lábios pode se dar em razão da desidratação, queimaduras solares e clima seco e frio, além disso reações alérgicas e diabetes podem desencadear o problema.

Fissuras severas: Diversos fatores podem levar a rachadura labial, entre elas estão: falta de vitaminas essenciais, anemia, alergia ao creme dental, quimioterapia, o uso de alguns medicamentos, e a própria saliva (costume de passar a língua nos lábios).

As fissuras podem acontecer também só nos cantos da boca e isso ocorre por inúmeras razões, como ausência de dentes ou uso de dentaduras e aparelhos odontológicos, má higiene bucal, consumo excessivo de açúcar, uso de corticoides, deficiência de vitamina do complexo B, candidíase oral, dermatite atópica, psoríase, dermatite seborreica, e entre os bebês também podemos ressaltar o uso da chupeta.

Palidez labial: A falta de pigmentação labial pode estar relacionada a coisas simples como frio, cansaço e mal estar, mas também ser indicio de pressão baixa, anemia, doenças sanguíneas, pulmonares, e cardíacas. Já os lábios amarelados podem sugerir doença no fígado.

Bolhas/feridas: A principal causa de feridinhas na boca e ao redor dela é a infecção por Herpes, que causa dor, inchaço e bolhas. Esse tipo de lesão costuma desaparecer de sete a dez, sem deixar cicatrizes.

Inchaço: Doenças renais, intestinais, deficiência de albumina (proteína presente na clara do ovo), angioedema hereditário são causas prováveis para esse tipo de alteração labial.

Manchas escuras: manchas escuras nos lábios podem significar mancha melânica ou nevos melanocíticos (pintas escuras- nome popular), em alguns casos podem indicar a Síndrome de Peutz-Jeghers, que está associada a tumores internos principalmente do trato gastrointestinal.

Casquinhas: podem estar relacionados a exposição solar intensa, podendo ser pré câncer ou câncer de lábios, principalmente o Carcinoma espinocelular.

Hipervitaminose/Hipovitaminose: Tanto o excesso quanto a falta de vitaminas podem desencadear alterações labiais, sendo a rachadura a manifestação mais comum.

Alexandre Moretti, coordenador de comunicação da Sociedade Brasileira de Dermatologia de Mato Grosso do Sul (SBD/MS), ressalta que a população deve estar atenta aos sinais que o corpo dá: ” Se você procura manter uma boa hidratação oral (beber muito líquido) e usa um bom balm labial com filtro solar para hidratar os lábios e mesmo assim esta tendo algum desses sintomas, procure um dermatologista o mais breve possível”.