O Santos chegou a abrir 3 a 0, mas permitiu o empate do Fortaleza nos minutos finais e ampliou a sequência sem vitórias no Campeonato Brasileiro. Na tarde deste domingo (25), o time de Sampaoli ficou no 3 a 3, pela 16ª rodada.

O Santos, com 33 pontos, chegou ao terceiro jogo sem vitória, mas se mantém na liderança momentânea, podendo ser ultrapassado pelo Flamengo, que encara o Ceará nesta rodada. O Fortaleza, por sua vez, está na parte inferior, em 15º, com 18.

Escalado como titular pela primeira vez, Marinho não poderia pensar em uma maneira melhor de iniciar uma partida. Isto porque logo no primeiro minuto ele abriu o placar. Em boa troca de passes, Evandro dominou e acionou Sasha, que ajeitou para o atacante finalizar sem chances para Felipe Alves.

A intensidade do Santos continuou. Após lançamento longo, Marinho invadiu a área e finalizou cruzado. Felipe Alves fez a defesa, mas soltou nos pés de Evandro, que emendou para fora. Logo na sequência, aos nove minutos, Jorge não desperdiçou e marcou o segundo. Ele pegou sobra de Felipe Alves após cobrança de escanteio e marcou belo gol, da meia-lua da área.

Com velocidade pelos lados do campo, o Santos seguia impondo dificuldades ao Fortaleza. Marinho e Diego Pituca tiveram oportunidades de ampliar, mas não conseguiram acertar o alvo. O Fortaleza ainda tentou chegar em contra-ataques, mas Éverson apareceu bem para segurar finalizações de Gabriel Dias e Romarinho.

Antes do intervalo, veio o terceiro gol santista. Em novo lançamento, desta vez de Jorge, Sasha recebeu de frente para o gol e deu um leve toque na saída do goleiro. Em primeiro momento, a arbitragem havia anulado o lance, mas após consulta ao VAR, o gol foi validado.

O Santos voltou para o segundo tempo balançando as redes com Soteldo, mas a arbitragem assinalou impedimento do venezuelano e invalidou o lance. Quem marcou e incendiou o jogo foi o Fortaleza. Aos 14 minutos, depois de pênalti sofrido por Edinho, Wellington Paulista deslocou Everson e diminuiu o marcador.

A situação do Santos ficou ainda mais complicada quando Wellington Paulista marcou o segundo aos 22 minutos. O centroavante apareceu na pequena área para complementar cruzamento de Carlinhos. O Santos teve a chance de aliviar a situação com Jean Mota, que recebeu passe de Pituca, mas finalizou em cima de Felipe Alves.

No final, o Fortaleza presionou, chegou com perigo algumas vezes, com Felipe Pires pelo lado esquerdo e anotou o gol de empate aos 49 minutos, quando Carlinhos cruzou pela esquerda e Tinga aproveitou falha de Aguilar para igualar o marcador.

O próximo compromisso do Santos é contra a Chapecoense, no próximo sábado (31) , às 19h, na Arena Condá, em Chapecó