Peru vence o Brasil em amistoso. Foto: Pedro Martins/MoWA Press
Peru vence o Brasil em amistoso. Foto: Pedro Martins/MoWA Press

Brasil e Peru se encontraram, na madrugada desta terça para quarta-feira, no Memorial Coliseum, em Los Angeles-EUA, em Amistoso que marcou a reedição da decisão da última Copa América. Em julho, no Maracanã, partida movimentada e 3 a 1 para os brasileiros. Dessa vez, porém, vitória andina por 1 a 0, gol solitário de Abram, aos 39 do segundo tempo.

O confronto começou devagar, com as equipes se estudando. Não à toa, a primeira jogada de perigo saiu apenas aos 13 minutos do primeiro tempo, quando Tapia desviou escanteio cobrado por Abram, mas mandou por cima do travessão de Alisson. A resposta brasileira veio aos 21, quando Roberto Firmino acionou David Neres, que acabou travado pela marcação.

Na sequência, o goleiro do Manchester City precisou trabalhar em finalização de pé esquerdo de Flores. O Peru, então, esboçou uma pequena pressão, mas o arqueiro brasileiro trabalhou bem. Aos 24, Richarlison tabelou com Roberto Firmino, mas acabou mandando para fora. Aos 30, o atacante do Everton tentou de novo após passe de Alex Sandro.

Aos 35, Casemiro percebeu que o goleiro Gallese estava adiantado e tentou por cobertura, do meio de campo, sem sucesso. O arqueiro andino precisou aparecer em tentativas de Philippe Coutinho e Richarlison.

A primeira grande chegada da partida aconteceu aos quatro minutos da etapa complementar. Richarlison disparou da esquerda para o meio e enfiou para Allan. O volante, porém, parou na ótima saída do goleiro adversário. Aos oito, Gallese impediu que tapa de Coutinho fosse parar no fundo do barbante.

Aos 16, novo embate do jogador do Bayern de Munique com o arqueiro peruano – de novo, melhor para o andino após finalização rasteira. Depois, os dois treinadores, Tite e Ricardo Gareca, promoveram substituições em massa, o que fez com que os dois times perdessem em entrosamento.

Apesar disso, os andinos conseguiram o gol da vitória aos 39 minutos. Abram aproveitou cruzamento de Yotún e, contando com saída atrapalhada de Ederson, desviou para as redes.