Faca usada pela senhora. Foto: Divulgação
Faca usada pela senhora. Foto: Divulgação

Uma equipe do batalhão de operações especiais (BOPE) da polícia militar de Mato Grosso do Sul foi chamada na madrugada desta terça-feira (17) para apoiar o atendimento a uma ocorrência de briga familiar com ameaça de suicídio. Segundo o boletim de ocorrência uma senhora de 58 anos após ingerir bebida alcoólica, discutir com sua filha e se trancar num dos quartos, ameaçava se matar com uma faca de cozinha.

Uma equipe do SAMU tentou o primeiro contato, mas a vítima não desistia do seu intento e já havia efetuado alguns golpes de faca em seu peito. Após a chegada do BOPE, um dos negociadores da PM, Sargento Rodrigo iniciou uma negociação por volta da meia-noite e apesar de receptiva, a vítima enfrentava forte stress, chorava muito e se recusava a sair do quarto. Após mais de uma hora de negociação a vítima fechou a janela por onde conversava com a equipe policial e mandou mensagem em tom de despedida para um dos seus filhos, sendo que neste momento a equipe policial conseguiu identificar que a faca que antes estava na cama voltou para as mãos da vítima e neste momento decidiram através do grupo tático efetuar o arrombamento da porta e efetuaram disparo de Taser, impedindo que ela se lesionasse novamente.

Após ser imobilizada, a senhora foi atendida pelo SAMU e encaminhada sem risco de vida para o UPA Coronel Antonino.

Porta foi arrombada para salvar a senhora. Foto: Divulgação
Porta foi arrombada para salvar a senhora. Foto: Divulgação