Pai é preso após acorrentar a filha para impedi-la de sair com o namorado em Campo Grande

Um homem de 36 anos foi preso ao levar a filha adolescente acorrentada até o pelotão da Polícia Militar do bairro Coophavila 2, em Campo Grande (MS).

Um homem de 36 anos foi preso na noite deste sábado (4), ao levar a filha adolescente acorrentada até o pelotão da Polícia Militar do bairro Coophavila 2, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. O responsável pela menor teria ido até o local pedir orientações aos militares quanto a quem procurar para conseguir ajuda e evitar que a menina se encontrasse com o namorado, mas acabou sendo preso por conta da medida adotada. A informação é do Campo Grande News.

Segundo a publicação, a adolescente já vinha sendo acorrentada e trancada na casa onde mora com os pais, mas mesmo assim teria conseguido fugir, na manhã de ontem, para ver o namorado, também menor de idade.

No momento em que pai e filha chegaram ao pelotão, a menina estava com uma corrente na altura do punho direito. O próprio pai afirmou que isso estaria acontecendo para evitar que a filha fugisse de casa.

O homem também chegou a afirmar que, mais cedo, a adolescente havia dito que estaria grávida. Ela também teria conseguido fugir, mas foi encontrada pelo pai.

A menina afirmou que as agressões por parte do responsável eram frequentes. A menor, inclusive, apresentava hematomas na altura de um dos braços e pernas. Por conta da ocorrência, o Conselho Tutelar foi acionado e o homem levado para delegacia.