“Emprego também é vida”, diz Jair Bolsonaro em reunião no STF

No encontro, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que "economia é vida". Um país onde a economia não anda, a expectativa de vida vai lá pra baixo.

Presidente da República, Jair Bolsonaro. Foto: Marcos Corrêa/PR
Presidente da República, Jair Bolsonaro. Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Economia, Paulo Guedes, e empresários da indústria foram juntos até a sede do STF (Supremo Tribunal Federal) na manhã desta quinta-feira (7) para uma audiência com o presidente da Corte, o ministro Dias Toffoli.

Siga o Gazeta do Dia no Google News

O encontro foi marcado de última hora, após um contato telefônico entre Bolsonaro e Toffoli quando o presidente se reunia com os industriais.

No encontro, o presidente afirmou que “economia é vida”. Um país onde a economia não anda, a expectativa de vida vai lá pra baixo. O IDH [Índice de Desenvolvimento Humano] também”.

O presidente afirmou que a paralisação das atividades coloca em risco não apenas a economia, mas também a segurança dos brasileiros, uma vez que o aumento da pobreza poderia levar a saques em supermercados e a outras manifestações violentas.

“Não podemos perder a liberdade no Brasil” disse. “O auxílio está mantendo a população numa situação de equilíbrio, da razão em cima da emoção”, afirmou. “Estamos preocupados com a vida, sim. Mas a questão do emprego, da economia, isso também é vida”, concluiu.

O ministro Dias Toffoli falou por último e disse que desde a declaração de pandemia pela OMS (Organização Mundial da Saúde), o país “conseguiu conduzir muito bem essa situação”.

“Os ministérios funcionaram, as medidas que o governo editou, que o congresso aprovou, foram importantes para que o país não entrasse nessa situação de calamidade pública”, disse o presidente do Supremo.

Toffoli afirmou considerar “fundamental o diálogo” para que a retomada possa ser planejada.

*Com informações do R7