Grandes volumes de chuva são esperados entre os dias 21 a 23 de maio

As chuvas retornam ao Estado entre os dias 21 e 23 de maio. Espera-se nessa ocasião a formação de frente fria que irá criar de áreas de instabilidades.

As chuvas retornam ao Estado entre os dias 21 e 23 de maio. Espera-se nessa ocasião a formação de um sistema frontal (frente fria) que irá intensificar a formação de áreas de instabilidades, podendo provocar chuvas com acumulados significativos em grande parte das regiões de Mato Grosso do Sul em até 60 milímetros acumulados no período.

Siga o Gazeta do Dia no Google News

Levando em consideração o aumento das chuvas entre 21 a 23 de maio, faz- se necessário atenção as possíveis condições adversas no tempo que podem ocorrer, como chuvas intensas, ventos fortes, raios e queda de granizo. Como os volumes estimados estão altos para o período decorrente aos sistemas atmosféricos transientes, atenção a possíveis pontos alagamentos, enxurradas temporárias e transtornos à população que possam eventualmente ocorrer nos municípios.

Além disso, queda de temperatura é esperada para o final deste período em Mato Grosso do Sul.

Segundo período: 27 de maio a 04 de junho de 2020 – Não há expectativa de chuva entre os dias 24 a 27 de maio no Estado, logo espera-se predomínio de sol e baixas temperaturas por conta da massa de ar frio e seca.

A umidade relativa do ar poderá ficar abaixo de 30% considerado estado de atenção segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS). Assim, a orientação é ingerir muito líquido, redobrar atenção com idosos e crianças, procurar umidificar ambientes e evitar aglomerações.

Conforme o modelo de previsão numérica GFS/NOAA, as chuvas retornam a Mato Grosso do Sul entre os dias 28 de maio a 01 de junho as chuvas em grande parte do Mato Grosso do Sul com acumulado máximo de 60 milímetros, concentrados em municípios do nordeste do Estado. Ressalta-se que é necessário o acompanhamento de atualizações futuras.