Megaoperação envolve 44 voos para trazer 240 milhões de máscaras ao Brasil

Uma megaoperação envolve 44 voos para trazer ao país 240 milhões de máscaras cirúrgicas e N95 compradas pelo Ministério da Saúde.

Uma megaoperação realizada pelo Ministério da Infraestrutura envolve 44 voos para trazer ao país 240 milhões de máscaras cirúrgicas e N95 compradas pelo Ministério da Saúde para distribuir aos Estados no combate ao novo coronavírus.

Siga o Gazeta do Dia no Google News

O Brasil recebeu, nesta segunda-feira (11), 15 milhões de máscaras – é a segunda das operações pagas pela Americanas e realizadas pela Latam. Os produtos foram adquiridos pelo governo federal na China.

A aeronave Boeing 77 decolou no domingo (10), às 17h51 de Xangai, fez escala em Amsterdã, e aterrissou no aeroporto internacional de Guarulhos às 10h01. Foram percorridos mais de 18 mil quilômetros em cerca de 46 horas, passando por três fusos diferentes.

O Ministério da Infraestrutura coordena o plano nacional de logística e distribuição, que envolve no total 44 voos, para apoiar o Ministério da Saúde durante o enfrentamento ao novo coronavírus. O objetivo é entregar às 27 unidades da federação as 960 toneladas de máscaras.

As empresas, por sua vez, auxiliam na logística junto ao Ministério. Americanas já doou mais de R$ 45 milhões e a Latam tem disponibilizado voos gratuitos para profissionais de saúde, além de levar insumos.