Sociedades médicas do Brasil recomendam não usar cloroquina para tratar coronavírus

O documento foi produzido por 27 especialistas e é chamado de "Diretrizes para o Tratamento Farmacológico da COVID-19.

Um protocolo conjunto assinado pelas três sociedades médicas ligadas diretamente às áreas de tratamento da covid-19 informa ter chegado a um consenso para não recomendar o uso de cloroquina, hidroxicloroquina e outros medicamentos como rotina durante o tratamento de pacientes diagnosticados com o novo coronavírus. A informação é do UOL.

Siga o Gazeta do Dia no Google News

O documento foi produzido por 27 especialistas e é chamado de “Diretrizes para o Tratamento Farmacológico da COVID-19. Consenso da Associação de Medicina Intensiva Brasileira [AMIB], da Sociedade Brasileira de Infectologia [SBI] e da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia [SBPT]”.

No documento são feitas 11 recomendações para não uso, em rotinas, desses fármacos, cujas aplicações são “embasadas em evidência de nível baixo ou muito baixo”.

Acesse o documento clicando aqui