Homem que deu 24 facadas na namorada disse que estava “possuído por um demônio”

Se entregou na manhã deste domingo (28), o homem que matou a namorada com 24 facadas, em Chapadão do Sul, no Mato Grosso do Sul.

Se entregou na manhã deste domingo (28), o homem que matou a namorada com 24 facadas, em Chapadão do Sul, no Mato Grosso do Sul. O homem, de 45 anos, afirmou que estava “possuído por um demônio” quando cometeu o crime.

Siga o Gazeta do Dia no Google News

De acordo com a polícia, o homem chegou até a casa da mulher por volta das 19h e após uma conversa os dois começaram uma discussão.

+ Homem mata a namorada com 24 facadas em Mato Grosso do Sul

Testemunhas que foram ouvidas neste sábado (27), informaram que a vítima queria a separação e o suspeito não aceitava. Neste momento eles começaram uma discussão e o homem começou a ameaça-la e agredi-la.

A mãe da vítima tentou intervir mas foi esfaqueada na axila. Após a mãe da vítima correr, o autor retornou até a a namorada que encontrava-se no solo, já inconsciente. Ele virou o corpo e cortou os dois pulsos dela.

Segundo a polícia, todo o crime foi presenciado pela mãe da vítima e seu filho de criação de 15 anos. O autor saiu da casa portando a faca e uma garrafa de água dizendo que voltaria para terminar o serviço. A mãe da vítima foi socorrida e encaminhada para o hospital.

Prisão dele

O suspeito esperou passar o período de flagrante para se apresentar. No entanto, o pedido de prisão preventiva já havia sido feito por ele e acatado pelo judiciário, por isso o homem permanece detido.

o suspeito afirmou ter ficado escondido em bueiros da cidade para não ser encontrado. Alegou também que estava “possuído por um demônio” quando matou a companheira.