Bolsonaro é denunciado por genocídio e crimes contra a humanidade em tribunal internacional

Jair Bolsonaro foi denunciado por genocídio e crimes contra a humanidade, por conta da atuação de seu governo durante a pandemia de coronavírus.

Presidente da República, Jair Bolsonaro. Foto: Alan Santos/PR
Presidente da República, Jair Bolsonaro. Foto: Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi denunciado neste domingo (26) no Tribunal Penal Internacional, em Haia (Países Baixos) por genocídio e crimes contra a humanidade, por conta da atuação de seu governo durante a pandemia de coronavírus. A denúncia é assinada pela rede sindical brasileira Unisaúde, e conta com apoio de entidades internacionais.

Siga o Gazeta do Dia no Google News

Segundo o UOL, a denúncia menciona que Bolsonaro teria agido com “menosprezo, descaso e negacionismo” no combate à covid-19 e que a situação estaria prejudicando principalmente minorias e profissionais de saúde. “É urgente a abertura de procedimento investigatório junto a esse Tribunal Penal Internacional, para evitar que dos 210 milhões de brasileiros, uma parcela possa se salvar das consequências desastrosas dos atos irresponsáveis do senhor Presidente da República”, relata o texto.