Rodrigo Maia diz que impeachment de Bolsonaro será analisado no “momento certo”

Rodrigo Maia disse que analisará os pedidos de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro no momento adequado.

Bolsonaro e Maia. Foto: Reprodução
Bolsonaro e Maia. Foto: Reprodução

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse que analisará os pedidos de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro no momento adequado e argumentou que a prioridade atual é o combate aos efeitos da crise do coronavírus. A declaração foi feita nesta segunda-feira (17), em entrevista à TV Tropical do Rio Grande do Norte.

O político disse que os pedidos serão analisados com cuidado para evitar uma nova crise institucional.

“No momento adequado, claro, nós vamos enfrentar também esse tema, decidindo sobre o assunto, lendo com cuidado, lendo o mérito e decidindo de forma correta para que a gente não crie mais uma crise institucional no Brasil”, afirmou.

“Acho que nossa prioridade tem de ser esse enfrentamento, o enfrentamento à pandemia.”

Rodrigo Maia, no Roda Viva. Foto: Reprodução
Rodrigo Maia. Foto: Reprodução

O presidente da Câmara tem a prerrogativa de acatar ou rejeitar pedidos de abertura de processo de impeachment contra o presidente da República.

Mas a aceitação de eventual pedido é apenas o primeiro passo de um longo trajeto, pelo qual passou, mais recentemente, a então presidente Dilma Rousseff.

Presidente da República, Jair Bolsonaro. Foto: Alan Santos/PR
Presidente da República, Jair Bolsonaro. Foto: Alan Santos/PR

Caso seja aceito, o requerimento precisa ser avaliado por uma comissão de deputados, responsável pela emissão de um parecer sobre a abertura efetiva ou não do processo de impedimento. E esse parecer ainda é submetido ao plenário da Câmara, onde Bolsonaro conseguiu angariar mais votos após a adesão de partidos do Centrão ao seu governo.

*Com informações da Reuters