Início BRASIL Testemunha impede que mulher seja morta e mata homem por estrangulamento

Testemunha impede que mulher seja morta e mata homem por estrangulamento

Célio Roberto Balieiro foi morto após receber um golpe conhecido como “mata-leão”. Ele perseguia a esposa no momento em que foi imobilizado.

O suspeito deteve um homem que ameaçava matar a mulher com um facão. Foto: PMMT
O suspeito deteve um homem que ameaçava matar a mulher com um facão. Foto: PMMT

Um homem identificado como Célio Roberto Balieiro, 37 anos, foi morto após receber um golpe conhecido como “mata-leão”, no final da noite desta quinta-feira (20), em Colíder, no Mato Grosso. Ele estava perseguindo a esposa com intenção de matá-la quando uma testemunha intercedeu e utilizou o golpe contra o agressor até a chegada da polícia. O homem foi socorrido desacordado e faleceu no hospital da cidade.

Célio foi visto perseguindo a esposa, com duas machadinhas na mão. O homem conseguiu derrubar a esposa e feriu a vítima com um corte no pescoço. Ao flagrar a cena, uma testemunha desceu do carro e imobilizou o homem até a chegada da Polícia Militar (PM).

No local, os militares encontraram a vítima caída no chão com o ferimento no pescoço e Célio desacordado nos braços da testemunha. Marido e mulher foram encaminhados para uma unidade de saúde. A testemunha afirmou que estava passando de carro pelo local e flagrou a tentativa de homicídio, decidindo imobilizar o homem até a chegada da polícia. O filho da testemunha, que também estava no carro, recolheu as machadinhas e entregou para os militares.

Os PMs foram até a residência onde o casal morava. No local, a mãe de Célio informou que o filho havia ingerido bebida alcoólica e, depois de uma discussão com a esposa, passou a persegui-lá pelas ruas da cidade. Célio não resistiu às tentativas de reanimação e acabou morrendo no hospital da cidade. A mulher foi atendida e passa bem.

A Polícia Civil de Colíder investiga o caso.