Aproleite e Agraer realizam “Dia de Campo” em Glória de Dourados

O evento destacou a importância da produção de leite a pasto com ênfase em tecnologias de fácil adoção pelos produtores de leite.

Zootecnista Roberto Sanches Nakayama durante o evento. Foto: Divulgação
Zootecnista Roberto Sanches Nakayama durante o evento. Foto: Cristian Felippi/Agraer/Divulgação

A APROLEITE – Associação dos Produtores de Leite de Glória de Dourados em parceria com a AGRAER realizou nesta quarta-feira (23) um dia de campo com demonstrações sobre a utilização do capim BRS Capiaçu na alimentação animal. O evento destacou a importância da produção de leite a pasto com ênfase em tecnologias de fácil adoção pelos produtores de leite, tais como, a hidrólise da cana de açúcar com cal virgem ou cal hidratada e posterior enriquecimento com ureia, e as diversas formas de utilização de capineiras, com destaque para o capim BRS Capiaçu. Que pode ser usado puro, triturado e ou na forma de silagem, enriquecido com fubá de milho ou com inoculante específico. A produção de leite de baixo custo é a melhor alternativa de produção de leite para o Mato Grosso do Sul.

+ Siga o Gazeta do Dia no Google News

Desde o início da distribuição das primeiras mudas em 2018, a cultivar BRS Capiaçu que é um clone de capim-elefante (Pennisetum purpureum Schum) de alto rendimento para suplementação volumosa na forma de silagem ou picado verde, vem se destacando no município de Glória de Dourados e região.

Dia de campo aconteceu em Glória de Dourados. Foto: Divulgação
Dia de campo aconteceu em Glória de Dourados. Foto: Cristian Felippi/Agraer/Divulgação

Entre os produtores principalmente na pecuária de leite é unanime o seu destaque na escolha de variedades para a implantação de novas capineiras, adaptado as nossas condições de solo e clima, com bom manejo de cortes e adubações tem sua área de cultivo potencialmente ampliada a cada ciclo, nesse sentido a APROLEITE – Associação dos Produtores de Leite de Glória de Dourados, representado pelo Sr. Francisco José Rigato, em parceria com a AGRAER e demais entidades realizou nesta quarta feira (23) um Dia de Campo com demonstrações sobre a utilização do BRS Capiaçu na alimentação animal.

Durante o Dia de Campo o zootecnista Roberto Sanches Nakayama destacou que a maior produção de matéria verde do BRS Capiaçu se concentra no período do verão, e o produtor necessita lançar ferramentas estratégicas de manejo para garantir boa alimentação para os animais no período mais crítico de crescimento das pastagens, o inverno. “Na nossa região é interessante fazer um corte do BRS Capiaçu no final do mês de fevereiro e realizar a adubação recomendada, para que possa utilizar a rebrota nos meses iniciais do inverno, e se não for necessário utilizar esse capim cortado em fevereiro conserva-lo para o inverno em forma de silagem, e mostramos aos produtores as melhores formas de fazer esse manejo e a silagem” conclui Nakayama.

O presidente da APROLEITE Francisco Rigato lembrou que esse Dia de Campo faz parte da visão de futuro da Associação para fortalecer a produção de leite dos seus associados, ele ainda considerou o evento um sucesso com mais de 50 inscritos, divididos em turmas, todos usando máscaras, respeitando o distanciamento físico e seguindo os protocolos de higiene e segurança recomendados.

“Temos buscado apoio técnico com a contratação de profissionais, parcerias com instituições de assistência técnica como a AGRAER, aquisição de maquinas e implementos com recursos próprios e através de ementas parlamentares, e estamos planejando uma excursão para Minas Gerais afim de buscar matrizes leiteiras de alto potencial genético, tudo para fortalecer nossos produtores associados” comenta Rigato.

O evento foi realizado no CETAF – Centro Tecnológico da Agricultura Familiar Edwin Baur, contou ainda com o apoio da APOMS – Associação dos Produtores, Multimaq Equipamentos agrícolas e Laticínios Maná