Embraer vai demitir 2,5 mil funcionários no Brasil

A fabricante alega impacto provocado pela pandemia de coronavírus e o cancelamento da parceria com a Boeing.

A Embraer anunciou nesta quinta-feira (3) a demissão de 2,5 mil funcionários nas fábricas no Brasil.

As unidades em que ocorrerão os desligamentos não foram divulgadas, mas a maior parte virá de São José dos Campos, que concentra a aviação comercial da empresa – setor mais afetado pelos impactos da covid-19 – e metade dos 20 mil funcionários da companhia no mundo.

A medida, segundo a fabricante, decorre dos impactos causados pela covid-19 na economia global e pelo cancelamento da parceria com a Boeing.

“O objetivo é assegurar a sustentabilidade da empresa e sua capacidade de engenharia”, disse a Embraer, em comunicado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui