TSE estuda a possibilidade de votação ocorrer pelo celular em 2022

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) estuda a possibilidade da votação ocorrer pelo celular, caso a tecnologia passe pelos testes de segurança absoluta.

O ministro Luís Roberto Barroso, do STF. Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
O ministro Luís Roberto Barroso. Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

As eleições de 2022 podem ter uma grande novidade para o brasileiro. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) estuda a possibilidade da votação ocorrer pelo celular, caso a tecnologia passe pelos testes de segurança absoluta.

Para o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso , o projeto “Eleição do Futuro” tem o intuito de baratear os custos dos sufrágios com segurança. Nele, empresas desenvolvem plataformas para as eleições via celular.

Segundo Barroso, a Justiça Eleitoral exige o sigilo do voto, eficiência e segurança no sistema. Pelas contas do TSE, 31 empresas desenvolvem plataformas. Destas, 26 fizeram demonstrações nestas eleições.

“Quanto a aplicabilidade ou não do novo modelo em 2022, vai depender da segurança que nós possamos ter com as alternativas oferecidas. Como eu disse, nós temos um teste tríplice: segurança, sigilo e eficiência. Se algum dos modelos se mostrar confiável, eu imagino que sim, que nós possamos começar implantar em 2022”, afirmou Barroso.

Segundo Barroso, a Justiça Eleitoral exige o sigilo do voto, eficiência e segurança no sistema. Pelas contas do TSE, 31 empresas desenvolvem plataformas. Destas, 26 fizeram demonstrações nestas eleições.

“Quanto a aplicabilidade ou não do novo modelo em 2022, vai depender da segurança que nós possamos ter com as alternativas oferecidas. Como eu disse, nós temos um teste tríplice: segurança, sigilo e eficiência. Se algum dos modelos se mostrar confiável, eu imagino que sim, que nós possamos começar implantar em 2022”, afirmou Barroso.

Enfim, o que achou da matéria?

Então, nos siga no Facebook, Twitter e Google News. Assim você vai acompanhar as principais notícias do Brasil e do mundo no Gazeta do Dia!