Semana terá maior superlua do ano e eclipse total ao mesmo tempo em MS; saiba como observar

O eclipse é quando a Terra faz sombra na Lua, impedindo que a luz do Sol a ilumine. Em MS, será possível apenas observar a fase parcial.

Para quem gosta de observar o céu, a semana terá dois fenômenos simultâneos que poderão ser observados em Mato Grosso do Sul na quarta-feira (26): a maior superlua do ano e um eclipse lunar total.

O eclipse é quando a Terra faz sombra na Lua, impedindo que a luz do Sol a ilumine. Em MS, será possível apenas observar a fase parcial do eclipse, a partir das 5h45A fase total desse eclipse será de curta duração, de cerca de 15 minutos. O melhor lugar para visualizá-lo será do leste da Austrália, da Nova Zelândia e das Ilhas Pacíficas.

Por outro lado, a observação da superlua será mais fácil e poderá ser contemplada em todo o mundo. Trata-se do período chamado perigeu, que é quando o satélite natural fica mais próximo a Terra. Por estar mais perto, a Lua parecerá maior e mais brilhante que o normal. Essa é a segunda e a maior superlua deste ano — na primeira, em 26 de abril, o satélite estava 157 km mais longe que agora.

Segundo a Nasa, as superluas e os eclises são fenômenos diferentes, que nem sempre ocorrem ao mesmo tempo. “Este mês traz uma oportunidade excelente de aproveitar a vista”, diz o site da agência.

Enfim, o que achou da notícia?

Então, nos siga no Facebook, Twitter e Google News. Assim você vai acompanhar as principais notícias do Brasil e do mundo no Gazeta do Dia!