Campanha de vacinação contra gripe imuniza mais 1,6 milhão de pessoas

Cerca de 1,6 milhão de pessoas foram imunizadas contra a gripe desde segunda-feira (5), registra o Ministério da Saúde.

Cerca de 1,6 milhão de pessoas foram imunizadas contra a gripe desde segunda-feira (5), registra o painel de dados Influenza 2021, do Ministério da Saúde.

Desde segunda-feira (5) até esta quinta-feira (8), a terceira e última etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza 2021 passou de 41,4% para 43,5%  da cobertura vacinal, subindo a aplicação de 34.578.318 para 36.237.937 doses – um aumento de cerca de 1,6 milhão de pessoas imunizadas.

“Campanhas de imunização são prioridade do Ministério da Saúde e resolvemos ampliar a vacinação contra a Influenza para todos os grupos. O nosso objetivo é reduzir os casos graves de gripe que também pressionam o nosso sistema de saúde”, afirmou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em nota.

Campanha contra influenza

A terceira fase da campanha de vacinação termina amanhã (9), e visa imunizar 79.744.770 brasileiros. Segundo a plataforma que disponibiliza os dados da campanha, mais de 73 milhões de doses foram enviadas para estados e municípios. Na semana passada, a pasta informou que autorizou a ampliação da campanha para todas as faixas etárias a partir de 6 meses de idade.

Segundo o Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (PNI), o número de pessoas imunizadas com dose única passou de 31.951.312 para 33.518.387 (aumento de 1.867.075 nos últimos três dias).

De acordo com o Programa Nacional de Imunização (PNI), São Paulo lidera o ranking de vacinados, seguido de Minas Gerais e Rio de Janeiro.

A plataforma LocalizaSUS divulga, ainda, informações sobre o número de doses aplicadas em grupos prioritários, população infantil (abaixo de 17 anos) , população de puérperas , povos indígenas, gestantes e os idosos brasileiros já vacinados.

Como ser vacinado

O Ministério da Saúde recomenda que quem está prestes a ser vacinado contra a covid-19 tome primeiramente o imunizante contra o novo coronavírus. Feito isso, é necessário esperar por, no mínimo, 14 dias para se vacinar contra a gripe.

Segundo as orientações sanitárias oficiais, para receber a vacina basta comparecer a um posto de saúde portando caderneta de vacinação e documento com foto. Não ter a caderneta de vacinação em mãos não é impeditivo para tomar as vacinas ofertadas pelo Ministério da Saúde, mas é necessário ter o cadastro no SUS, que também pode ser feito durante o atendimento. A população que ainda não estiver pré-cadastrada no PNI ou no sistema do SUS pode realizar o procedimento pelo aplicativo Conecte SUS, disponível para as plataformas iOS e Android.

Enfim, o que achou da notícia?

Então, nos siga no Facebook, Twitter e Google News. Assim você vai acompanhar as principais notícias do Brasil e do mundo no Gazeta do Dia!