Classificação por bandeiras vão determinar quantidade de alunos em sala de aula

A classificação por bandeiras, do Programa Prosseguir, será fundamental para determinar como se dará a retomada das aulas presenciais em MS.

A classificação por bandeiras, do Programa Prosseguir, será fundamental para determinar como se dará a retomada das aulas presenciais na Rede Estadual de Ensino, prevista para o dia 2 de agosto.

+ Volta às aulas em MS: quantidade de alunos nas salas dependerá do Prosseguir
+ Saúde registra desaceleração da covid em Mato Grosso do Sul
+ Mato Grosso do Sul não aplicou doses de vacina vencida, diz secretária de Saúde

As cidades que estão na bandeira cinza, por exemplo, iniciarão as aulas com 30% dos estudantes em sala. Já na bandeira vermelha, as escolas devem ter 50% dos alunos, bandeira laranja, 70% dos alunos e bandeira amarela 90% dos alunos devem estar em sala de aula.

Somente os municípios na bandeira verde voltarão com aulas 100% presenciais.

Para a secretária de Estado de Educação (SED), Maria Cecília Amendola da Motta, dessa maneira, ficou mais fácil, seguindo o critério científico.

Segundo a secretária da SED, cada unidade escolar terá autonomia para definir como as famílias serão avisadas sobre o retorno das aulas presenciais.

Enfim, o que achou da notícia?

Então, nos siga no Facebook, Twitter e Google News. Assim você vai acompanhar as principais notícias do Brasil e do mundo no Gazeta do Dia!