Depoimento de diretora da Precisa na CPI é remarcado para quarta-feira (14)

O presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz, adiou para esta quarta-feira (14) o depoimento de Emanuela Medrades.

Diretora técnica da Precisa Medicamentos, Emanuela Medrades. Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado
Diretora técnica da Precisa Medicamentos, Emanuela Medrades. Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

O presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM), adiou para esta quarta-feira (14) o depoimento de Emanuela Medrades, diretora da Precisa Medicamentos.

A decisão foi tomada por volta das 20h05, diante das reiteradas vezes em que Emanuela disse estar “exausta”.

A sessão para ouvir a diretora começou de manhã, mas Emanuela afirmou que não responderia a perguntas. A sessão foi retomada à noite, e Emanuela argumentou que gostaria de ter o depoimento adiado.

A decisão de Aziz

Diante da argumentação de Emanuela de que estava “exausta”, a senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) perguntou à diretora da Precisa se ela “falaria tudo” se o depoimento fosse adiado para quarta-feira.

“Sim, eu estou. A minha intenção é colaborativa”, respondeu Emanuela.

Omar Aziz, então, informou a decisão: “A senhora está convocada amanhã, às 9h.”

Emanuela Medrades agradeceu a Aziz, e o presidente da CPI disse esperar que a diretora da Precisa esteja nesta quarta às 9h na CPI “para responder a todas as perguntas”.

“Veja bem, a senhora está se comprometendo aqui. A senhora disse: ‘Eu vou responder, sim senhora’. Eu vou encerrar a sessão, amanhã às 9h a senhora está convocada para estar aqui, para a gente ouvir o seu depoimento. Nós vamos ouvir dois depoimentos amanhã. O da senhora e o do senhor Maximiano, após terminar a sessão. Está encerrada a sessão”, completou Aziz.

Enfim, o que achou da notícia?

Então, nos siga no Facebook, Twitter e Google News. Assim você vai acompanhar as principais notícias do Brasil e do mundo no Gazeta do Dia!