Governador chama Bolsonaro de imbecil após comentário sobre sua orientação sexual

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, que revelou ser gay foi alvo de comentário de cunho homofóbico de Jair Bolsonaro.

Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul, chama Bolsonaro de imbecil. Foto: Itamar Aguiar/Palácio Piratini
Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul, chama Bolsonaro de imbecil. Foto: Itamar Aguiar/Palácio Piratini

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), que revelou ser gay nesta semana em entrevista ao programa Conversa com Bial, da TV Globo, foi alvo de comentário de cunho homofóbico do presidente Jair Bolsonaro, que disse que “”ninguém tem nada contra a vida particular de ninguém, agora, querer impor seu costume, seu comportamento para os outros, não”. Leite reagiu e disse que o presidente é um “imbecil”.

“O presidente é um imbecil. Onde está a tentativa de imposição de qualquer coisa para qualquer pessoa? Uma declaração sobre a minha orientação sexual. Não resta outra coisa a dizer senão que o presidente é um imbecil’, disse o governador em entrevista à Folha de S.Paulo.

Hoje parte da direita mais moderada, Leite declarou voto em Bolsonaro no segundo turno em 2018 e nega arrependimento pelo voto no hoje presidente contra o PT no segundo turno, apesar de reconhecer que a eleição de Bolsonaro foi um erro.

“Claro que a eleição do Bolsonaro foi um erro. Um erro que cometemos eu e milhões de brasileiros, mas que se deu em função de no outro lado haver um partido [PT] que errou na corrupção, errou na condução da economia. Estávamos diante de uma situação de escolher entre dois caminhos. Erramos. Mas não é sobre discutir erros do passado, é sobre construir caminhos para o futuro. Esse é o ponto objetivo para o Brasil”, disse o governador à Folha de S.Paulo .

Pré-candidato à presidência pelo PSDB , partido em que está há 20 anos, Leite defende a 3ª via para fugir das candidaturas de Lula (PT) e Bolsonaro (sem partido) e se coloca como um possível nome.

Para o governador do Rio Grande do Sul, o presidente agiu no sentido contrário na condução da pandemia e o superpedido de impeachment é “um movimento legítimo”. Hoje crítico ao governo, Leite diz defender a modernização do estado e elogia o início da gestão bolsonarista, citando, por exemplo, a reforma da Previdência como ponto positivo.

Enfim, o que achou da notícia?

Então, nos siga no Facebook, Twitter e Google News. Assim você vai acompanhar as principais notícias do Brasil e do mundo no Gazeta do Dia!