“Não há nada que justifique um processo de impeachment [de Jair Bolsonaro]”, diz Lira

Arthur Lira declarou que "não há nada que justifique a abertura do processo de impeachment [contra Jair Bolsonaro] neste momento".

Presidente da República, Jair Bolsonaro. Foto: Alan Santos/PR
Presidente da República, Jair Bolsonaro. Foto: Alan Santos/PR

Em entrevista à rádio Jovem Pan, na manhã desta terça-feira (6), o  presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL) declarou que “não há nada que justifique a abertura do processo de impeachment [contra o presidente Jair Bolsonaro] neste momento”. Isso porque o impedimento é realizado através de “uma construção de circunstâncias e fatores” que hoje não se aplicam.

+ Jair Bolsonaro prorroga auxílio emergencial por mais três meses
+ 4 ministros do STF são contra impeachment de Jair Bolsonaro
+ Senadores pedem prorrogação dos trabalhos da CPI da Covid

Primeiramente, Lira diz que ” impeachment não é feito pelo presidente da Câmara”. Na sequência, argumenta que não é prudente institucionalizar o impedimento no país, uma vez que o Brasil já passou por este processo duas vezes desde a redemocratização. “Não pode se instabilizar politicamente cada presidente eleito”.

Em caso de descontentamento, o presidente da Casa ressaltou que as eleições são feitas de quatro em quatro anos e que, nelas, há a possibilidade de mudança.

Arthur Lira finaliza sua argumentação ao dizer que, “neste momento, a presidência da Câmara, que tem o papel de atuar com imparcialidade, vai esperar o desenrolar dos acontecimentos”.

Enfim, o que achou da notícia?

Então, nos siga no Facebook, Twitter e Google News. Assim você vai acompanhar as principais notícias do Brasil e do mundo no Gazeta do Dia!