Membro do PCC e foragido da Justiça de MS é preso no Rio de Janeiro

Em entrevista à equipe PRF, ele alegou ser membro do PCC (Primeiro Comando da Capital) uma das maiores organizações criminosas do país.

Integrante do PCC é preso. Foto: Divulgação
Integrante do PCC é preso. Foto: Divulgação

Durante fiscalização na manhã desta segunda-feira, em São Gonçalo, região metropolitana do Rio de Janeiro, um carro, da marca BMW modelo X6, foi abordado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na altura do km 308 da BR 101. O condutor apresentou documentação com sinais de possível adulteração, tentando burlar a fiscalização da equipe.

Após pesquisa detalhada, as autoridades chegaram ao mandado de prisão em desfavor do suspeito, o qual foi expedido em julho deste ano, pela Justiça de Mato Grosso do Sul, em razão do crime de roubo. Segundo o mandado, o indivíduo já havia sido preso, porém estava foragido. Em entrevista à equipe PRF, ele alegou ser membro integrante do PCC – Primeiro Comando da Capital, uma das maiores organizações criminosas do país. Diante da situação, a ocorrência foi encaminhada para Polícia Federal, que tomará as providências cabíveis. Ele estava acompanhado de uma mulher, que está sem registro de passagem pela polícia. Foi encontrado, ainda, uma quantia de aproximadamente  R$ 40.000 (quarenta mil reais), escondida no interior do automóvel.

A Operação Égide, iniciada em 1º de outubro de 2021, faz parte do planejamento da PRF na repressão ao crime nas rodovias federais fluminenses. A operação foi desencadeada após análise e mapeamento dos principais pontos críticos do estado. As ações terão como principais objetivos o combate ao roubo de cargas, veículos e coletivos, e também ao tráfico de drogas e armas.

Enfim, o que achou da notícia?

Então, nos siga no Facebook, Twitter e Google News. Assim você vai acompanhar as principais notícias do Brasil e do mundo no Gazeta do Dia!