Pesquisa aponta que motos geram benefícios para a economia e o meio ambiente

O que muita gente não sabe é sobre os benefícios da moto, tanto para a economia quanto para o meio ambiente.

A poluição atmosférica gerada pela emissão de gases pelos veículos é um problema sério nas grandes capitais. A preocupação está nos comprometimentos que isso desencadeia, a exemplo do buraco na camada de ozônio. Por isso, tem se buscado alternativas de mobilidade, como as motos, que podem gerar benefícios para economia e meio ambiente.

Estudos recentes mostram que os veículos são responsáveis por 72,6% da emissão de gases causadores do efeito estufa, simplesmente por acionar o motor. O impacto ambiental está diretamente relacionado ao aquecimento global, o que gera preocupação por meios mais sustentáveis de locomoção.

Outro grande problema apontado no trânsito é quanto ao combustível, cujos valores sobem de forma assustadora. Tudo isso é somado à própria quantidade de veículos nas ruas, gerando congestionamentos e, consequentemente, atrasos e demora na locomoção. Neste cenário, vem à mente a bicicleta, sem dúvida.

Porém, o que muita gente não sabe é sobre os benefícios da moto, tanto para a economia quanto para o meio ambiente. Com isso, também ganha a saúde mental do motorista.

Benefícios da motocicleta para a economia

Estudo da Oxford Economics mostra que a indústria de motocicletas gerou, somente em 2019, aproximadamente 389 mil vagas de empregos na União Europeia. Com isso, foram gerados 21,4 milhões de euros do Produto Interno Bruto (PIB) europeu.

Mas, os benefícios da moto para a economia não param por aí. Usuários de motocicletas assumem que os custos de manutenção são, pelo menos, três vezes menores do que de um carro. Só para se ter uma ideia, enquanto um carro gasta cerca de 1.435 euros de combustível no ano, a motocicleta tem gasto médio de 545 euros no mesmo período. Ou seja, menos da metade.

A economia também se deve à eficiência do motor. Apesar de menor, é mais eficiente. Por exemplo, uma scooter consegue andar 40 km com um litro de combustível. Peças e revisões também pesam menos no bolso, assim como os impostos e taxas. O custo de aquisição é menor, normalmente, um décimo do valor de um carro.

Benefícios das motos para o meio ambiente

A mesma pesquisa da Oxford Economics mostra os benefícios das motos para o meio ambiente. Enquanto elas emitem cerca de 99g CO2 / km, os carros são responsáveis pela emissão de 210g CO2 / km.

Benefícios da moto para a saúde mental 

Com menos gastos e mais empregos, a saúde mental agradece. É o que mostra pesquisa do Instituto Semel de Neurociência e Comportamento Humano da UCLA, apoiada pela gigante das motocicletas, Harley-Davidson. De acordo com o relatório, usuários de motocicletas demonstram benefícios para a saúde mental.

Um pouco disso também se deve às próprias atividades de lazer ligadas à motocicleta. Rodadas de Grandes Prêmios de MotoGP, por exemplo, levam mais de 1,8 milhões de espectadores, todos os anos. Sem falar nas feiras e eventos organizados pelo setor, culminando em mais empregos, faturamento e arrecadação.

Além disso, o condutor perde menos tempo no trânsito, uma vez que a moto é mais ágil e permite maiores deslocamentos. Com isso, o motociclista se estressa menos, chega na hora em seus compromissos, além de achar vagas de estacionamento com maior facilidade.

Cuidados com a motocicleta

Além da manutenção em dia, o usuário da motocicleta precisa cuidar da segurança. No estado de São Paulo, uma moto é roubada ou furtada a cada quatro horas. Os modelos mais visados são Honda CB 250 Twister, Honda NXR 150 Bros, Yamaha 250 Fazer e Honda NX Falcon.

Por isso, é importante fazer o seguro do veículo, buscando as melhores seguradoras de moto para o contrato. Entre os itens indispensáveis, deve ter proteção contra furto, roubo e colisões.

Os benefícios da moto para a economia e meio ambiente são visíveis, razão pela qual a frota do veículo subiu 90% em dez anos, no Brasil. O motociclista poupa mais, se estressa menos e ainda contribui com as questões ambientais.

Enfim, o que achou da notícia?

Então, nos siga no Facebook, Twitter e Google News. Assim você vai acompanhar as principais notícias do Brasil e do mundo no Gazeta do Dia!