Cliente mata advogado com socos e chutes após perder processo

O advogado criminalista, Sergio Antônio Maidana de Freitas morreu após ser agredido com socos e pontapés por um ex-cliente.

O advogado criminalista, Sergio Antônio Maidana de Freitas, conhecido como Barbará, de 76 anos, morreu após ser agredido com socos e pontapés por um ex-cliente. O crime aconteceu no sábado (12), no Rio Grande do Sul.

Conforme a Polícia Civil, o suspeito é um ex-cliente e o motivo seria a derrota em um processo no qual o advogado o representava. A vítima foi agredida com vários socos no abdômen e testemunhas presenciaram as agressões.

O advogado chegou a ser socorrido ao hospital, mas não resistiu e morreu horas após as agressões. A investigação ainda aguarda laudo pericial para apontar a causa da morte.

A OAB-RS (Ordem dos Advogados do Brasil) seccional do Rio Grande do Sul emitiu nota de repúdio em razão do crime e afirmou que irá acompanhar as investigações.

“A Ordem irá reagir com todo o seu vigor para que sejam identificados e exemplarmente punidos os responsáveis. O assassinato do colega representa um verdadeiro atentado contra o Estado Democrático de Direito. Não aceitaremos que quem exerce sua atividade profissional, na defesa de um cidadão, seja alvo de um assassinato.”

Enfim, o que achou da notícia?

Então, nos siga no Facebook, Twitter e Google News. Assim você vai acompanhar as principais notícias do Brasil e do mundo no Gazeta do Dia!