Aos prantos, pai que agrediu filhas na praia pede desculpa

O pai que foi flagrado agredindo suas filhas no último domingo (1) voltou a se pronunciar publicamente através de um vídeo.

O pai que foi flagrado agredindo suas filhas no último domingo (1º) voltou a se pronunciar publicamente através de um vídeo. Dessa vez, Angelo Manoel afirmou que apesar de ter se excedido nas palmadas que deu em suas filhas, nenhuma delas ficou com hematoma ou marca da agressão. Além disso, o homem reforçou o pedido de desculpas e o reconhecimento de seu erro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Estou aqui sem saber o que eu fazer. Estou aqui esperando as providências de Deus, porque todo mundo quer botar a mão para me fazer mal e eu tenho minha família que depende de mim. Não tem um hematoma, não tem uma marca, na mesma hora a raiva passou e eu me desculpei. Me desculpei com quem estava ali também, algumas pessoas disseram que eu estava certo, mas bati demais. Eu reconheci meu erro que eu bati demais”, disse o homem.

Em outro momento do vídeo, o pai afirmou ser um homem de família e que cuida muito bem das filhas, que é algo que seus amigos e familiares sempre comenta, e que quem está o colocando como “monstro” são as pessoas que não o conhecem.

“Ô gente nada vai justificar o que eu fiz não. Eu errei, mas eu quero dizer que eu não sou um monstro, não sou um bicho, eu tenho minha família, cuido bem de minhas filhas, todos meus amigos me conhecem e sabe, essas pessoas que estão falando ai de mim não me conhecem, não sabem o amor que tenho por meus filhos”, falou.

De acordo com um major da Polícia Militar (PM), o homem e a sua esposa, mãe das crianças, podem acabar perdendo a guarda das crianças ao fim da investigação do caso.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no Brasil e no mundo?

Então nos siga em nossas redes sociais, como o Facebook, Instagram e Google News. Assim, você acompanhará tudo sobre economia, esporte, tecnologia, saúde e muitas outras matérias interessantes.