Bolsonaro se pronuncia sobre atos de vandalismo ocorridos em Brasília

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou que "depredações e invasões de prédios públicos" fogem à regra da democracia.

Presidente da República Jair Bolsonaro. Foto: Isac Nóbrega/PR
Bolsonaro se pronuncia sobre atos de vandalismo ocorridos em Brasília. Foto: Isac Nóbrega/PR

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou neste domingo (8) que “depredações e invasões de prédios públicos” fogem à regra da democracia, mas também criticou seu sucessor, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e a esquerda.

♦ Lula decreta intervenção federal no Distrito Federal

“Manifestações pacíficas, na forma da lei, fazem parte da democracia. Contudo, depredações e invasões de prédios públicos como ocorridas no dia de hoje, assim como as praticadas pela esquerda em 2013 e 2017, fogem à regra”, escreveu Bolsonaro, que está nos EUA desde antes do fim de seu mandato, no Twitter.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

♦ Alexandre de Moraes afasta governador do DF após ataques em Brasília

“Ao longo do meu mandato, sempre estive dentro das quatro linhas da Constituição, respeitando e defendendo as leis, a democracia, a transparência e a nossa sagrada liberdade. No mais, repudio as acusações, sem provas, a mim atribuídas por parte do atual chefe do executivo do Brasil”, acrescentou.

Senado prepara abertura de CPI dos Atos Antidemocráticos. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Senado prepara abertura de CPI dos Atos Antidemocráticos. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Ainda que de forma indireta, essa é a primeira vez que Bolsonaro reconhece Lula como presidente. O petista havia acusado seu antecessor de insuflar atos golpistas.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no Brasil e no mundo?

Então nos siga em nossas redes sociais, como o Facebook, Instagram e Google News. Assim, você acompanhará tudo sobre economia, esporte, tecnologia, saúde e muitas outras matérias interessantes.