Jovem morre após treinamento do Exército no Rio de Janeiro

Um jovem de 18 anos morreu após realizar o treinamento do 1º Batalhão de Polícia do Exército, na Tijuca, Rio de Janeiro.

Um jovem de 18 anos morreu na madrugada desta sexta-feira (11), após realizar o treinamento do 1º Batalhão de Polícia do Exército, na Tijuca, Rio de Janeiro. Segundo a família, os exercícios físicos ao qual o jovem foi submetido eram exaustivos.

Pedro Henrique Pereira Dos Santos estava há duas semanas no quartel, em regime de internato. O militar começou a passar mal na noite desta quinta-feira (10/3), e foi encaminhado ao Hospital Central do Exército (HCE), mas não resistiu.

Aos familiares, os militares informaram que Pedro tinha uma doença congênita no coração. A família, entretanto, ressalta que a informação não foi passada antes. Em reportagem da TV Globo, o primo do jovem, Cleiton, afirma que Pedro não fez exames prévios antes de começar o treinamento.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Quando ele entrou, ele não fez nenhum tipo de exame. Para levar a pessoa à exaustão física, você tem que saber se a pessoa tem algum problema. Isso é responsabilidade do quartel”, denunciou Cleiton.

Ainda segundo o familiar, Pedro aparentava estar bem na última segunda-feira (7/3), durante sua formatura. No HCE, a médica haveria informado à família que ele estava desidratado. “Falaram que ele estava desidratado, em estado grave. Ele estava há duas semanas sem ir em casa.”

Agora, os parentes e amigos pedem respostas e a responsabilização do quartel.

O Comando da 1ª Região Militar informou que um inquérito foi aberto para investigar a morte de Santos. Leia a nota na íntegra:

“A Seção de Comunicação Social do Comando Militar do Leste (CML) informa que, durante a realização de instrução de ordem unida no dia 10 de março de 2022, o Soldado sentiu-se mal e foi prontamente atendido pelo médico do quartel. Em seguida, ele foi levado para o Hospital Central do Exército e, devido a complicações, veio a óbito. Foi aberto um Inquérito Policial Militar para apurar o fato ocorrido.

O CML lamenta profundamente a morte do militar e está prestando toda a assistência necessária à família”.

Enfim, o que achou da notícia?

Então, nos siga no Facebook, Twitter e Google News. Assim você vai acompanhar as principais notícias do Brasil e do mundo no Gazeta do Dia!