Pelé vai ter que fazer teste de paternidade determina Justiça

O ex-jogador Pelé, de 81 anos, deverá ser submetido a um teste de paternidade, determinou o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP).

Justiça determina que Pelé faça teste de paternidade. Foto: Reprodução
Justiça determina que Pelé faça teste de paternidade. Foto: Reprodução

O ex-jogador Pelé, de 81 anos, deverá ser submetido a um teste de paternidade, determinou nesta quinta-feira (1º) o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP).

Segundo informações do G1, a ação de investigação de paternidade foi registrada por Maria do Socorro Azevedo na Defensoria Pública do Estado de São Paulo.

A Defensoria Pública informou, em nota, que atua em favor de Maria do Socorro Azevedo, mas que, pelo fato de se tratar de um processo que tramita sob segredo de Justiça, não pode fornecer qualquer informação em relação ao caso.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os filhos de Pelé

O ex-jogador Edson Arantes do Nascimento e é pai de sete filhos: Sandra, Flávia, os gêmeos Celeste e Joshua, Kelly Cristina, Edinho e Jennifer.

O Rei do Futebol foi casado com Rosemeri Cholbi, com quem teve três filhos: Edinho, Jennifer e Kelly. Já o segundo matrimônio do ex-jogador foi com a cantora gospel Assíria Nascimento, com quem teve Joshua e Celeste. Em 2016, Pelé casou-se com a empresária Marcia Cibele Aoki em uma casa de eventos em Guarujá.

Em 1991, Sandra Regina Machado, então com 27 anos, entrou com uma ação na Justiça para ser reconhecida como filha do Rei de Futebol. Em 1992, um exame de DNA provou que Sandra é filha do ex-jogador, mas a ação teve recursos que se estenderam por mais 4 anos e o Superior Tribunal de Justiça (STJ) confirmou a paternidade e negou o pedido de um novo exame.

Em 1996, Sandra ganhou ‘Arantes do Nascimento’ no sobrenome e recebeu a nova certidão de nascimento. Ela nasceu em Guarujá após um relacionamento da empregada doméstica Anízia Machado com o ex-jogador. Mesmo com o fim da batalha judicial, Pelé preferiu não se aproximar da filha e criticou o fato de Sandra ter esperado tanto tempo para exigir o reconhecimento da paternidade.

A história de Sandra foi oposta à da irmã, a fisioterapeuta Flávia Kurtz, que foi apresentada publicamente como filha de Pelé em 2002, sem necessidade de processar o pai. O ex-jogador teve um relacionamento com a mãe de Flávia em 1969, durante uma viagem a Porto Alegre.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no Brasil e no mundo?

Então nos siga em nossas redes sociais, como o Facebook, Instagram e Google News. Assim, você acompanhará tudo sobre economia, esporte, tecnologia, saúde e muitas outras matérias interessantes.