Polícia Federal apreende 300 pássaros em malas de passageiro em Brasília

As aves, da espécie canário-da-terra, foram trazidas de Boa Vista, em Roraima, e seriam vendidas a intermediadores, por R$ 15 cada.

Pássaros apreendidos em mala de passageiro no Aeroporto de Brasília. Foto: Receita Federal/Divulgação
Pássaros apreendidos em mala de passageiro no Aeroporto de Brasília. Foto: Receita Federal/Divulgação

A polícia apreendeu 300 pássaros da espécie canário-da-terra que estavam dentro das malas de um passageiro que tentava embarcar no Aeroporto Internacional de Brasília. As aves foram trazidas de Boa Vista, em Roraima, e seriam vendidas a intermediadores, por R$ 15 cada.

Servidores da Receita Federal do Brasil fizeram a detenção do homem, de 30 anos. A descoberta ocorreu quando os agentes faziam a inspeção das bagagens, por meio dos equipamentos de Raio-X, e viram as aves, que estavam em gaiolas distribuídas em três malas.

A Polícia Federal fez a detenção do suspeito e o levou para a delegacia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo a Polícia Civil do DF (PCDF), o homem preferiu ficar em silêncio, assinou um termo de compromisso e, em seguida, foi liberado.

A pena para o crime de tráfico de animais silvestres é de detenção de seis meses a um ano, e multa.

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) receu os pássaros e vai realizar os procedimentos para devolvê-los à natureza.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no Brasil e no mundo?

Então nos siga em nossas redes sociais, como o Facebook, Instagram e Google News. Assim, você acompanhará tudo sobre economia, esporte, tecnologia, saúde e muitas outras matérias interessantes.