Brasileira pode pegar pena de morte após ser flagrada com drogas na Tailândia

Mary Helen Coelho Silva e outros dois homens foram presos na Tailândia com 15,5 quilos de cocaína, com valor equivalente a R$ 7,5 milhões.

Mary Helen Coelho da Silva foi flagrada com droga. Foto: Reprodução
Mary Helen Coelho da Silva foi flagrada com droga. Foto: Reprodução

Uma brasileira de 21 anos que foi presa no aeroporto de Bangkok, na Tailândia, na última semana, pode ser punida com pena morte. Mary Hellen Coelho Silva e outros dois homens foram presos com 15,5 quilos de cocaína, com valor equivalente a cerca de R$ 7,5 milhões. A Tailândia é um dos países onde o tráfico de drogas pode ser punido com pena de morte, dependendo da quantidade e das circunstâncias.

Segundo o G1, Mary mora em Pouso Alegre, Minas Gerais, com a mãe e os irmãos.

A notícia pegou a família de surpresa e a mãe dela, que luta contra um câncer, precisou ser internada quando soube que a filha havia sido presa no país asiático.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“A gente não sabia. Ela trabalhava com carteira assinada em uma churrascaria da cidade. Ela tinha o serviço dela, tudo certinho. A gente não sabe o que levou ela a fazer isso. A gente ficou em estado de choque, estamos desesperados”, revelou uma das irmãs.

Cocaína estava escondida em compartimento oculto da bagagem. Foto: Reprodução
Cocaína estava escondida em compartimento oculto da bagagem. Foto: Reprodução

Apesar de ter sido presa por tráfico de drogas, a irmã contou que não sabia do envolvimento de Mary com este crime. Desde que a prisão aconteceu, ela e a família estão sem informações sobre a brasileira.

Diante da falta de notícias da irmã e o medo de uma possível condenação na Tailândia, a família e os amigos estão mobilizando as redes sociais pedindo para que Mary Hellen seja trazida para o Brasil. Eles querem que ela seja julgada pela justiça brasileira.

A família conta com a ajuda de advogados do município, mas estão em busca de brasileiros que possam ajudar direto da Tailândia.

Enfim, o que achou da notícia?

Então, nos siga no Facebook, Twitter e Google News. Assim você vai acompanhar as principais notícias do Brasil e do mundo no Gazeta do Dia!