Dois jovens são mortos com 50 tiros de fuzil na fronteira com o Paraguai

Dois jovens foram mortos com 50 tiros de fuzil em Pedro Juan Caballero - que faz fronteira com Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul.

Dois jovens foram mortos com 50 tiros de fuzil na noite desta terça-feira (24), na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero – que faz fronteira com Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul. Ao lado deles, foi deixado um recado, escrito à mão, revelando a causa da morte.

“Justiciero No Robar P.J.C”, consta em uma cartolina que ficou ao lado das duas vítimas. Tudo leva a crer que os atiradores são “justiceiros” que agem na fronteira diante da atual guerra que se instaurou na região.

PCC (Primeiro Comando da Capital) e forças locais disputam o controle do crime organizado na região, em uma espécie de estado paralelo montado há décadas ali e que persiste até hoje, sendo essencial rota de entrada de drogas, armas e contrabando diverso no Brasil, alimentando o crime nos grandes centros.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A polícia investiga o caso.

Enfim, o que achou da notícia?

Então, nos siga no Facebook, Twitter e Google News. Assim você vai acompanhar as principais notícias do Brasil e do mundo no Gazeta do Dia!