Dólar cai para R$ 5,14 e sexta semana na baixa

Na contramão do mercado, o dólar caiu e fechou uma semana seguida em baixa, com fluxo externo atraído pelos interesses altos no país.

Na contramão do mercado, o dólar a cair no Brasil e fechou uma semana seguida em baixa, com fluxo externo atraído pelos interesses altos no país. A bolsa de valores caiu pelo segundo dia, com o agravamento das geopolíticas na Ucrânia.

O dólar comercial encerrou esta sexta-feira (18) aos R$ 5,14, com recuo de R$ 0,027 (-0,52%). A moeda operou em baixa durante todo o dia e chegou a R$ 5,11 na mínima da sessão, por volta das 14h.

A divisão fechou a semana com recuo de 1,95%. A queda chega a 3,13% em fevereiro e a 7,82% em 2022.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O mercado de ações apresentou desempenho oposto. O índice Ibovespa, da B3, fechou o dia aos 112.880 pontos, com perda de 0,57%. O indicador foi novamente arrastado pela queda nos internacionais, em meio à perspectiva de conflitos entre Rússia e Ucrânia.

Os países aliados informam que pretendem importar “Estados Unidos nestas sextas casos” contra as autoridades russas invasão na Ucrânia. Segundo o governo norte-americano, as punições não pretendem atingir os cidadãos russos, mas o governo de Vladimir Putin. Paralelamente, os separatistas do leste da Ucrânia anunciam a intenção de evacuar os cidadãos de origem russa para o país vizinho.

A instabilidade geopolítica não afetou o câmbio. Num dia em que chegou perante as principais divisas, a moeda norte-americana caiu perante o real. A alta taxa Selic, atualmente em 10,75% ao ano, está atraindo capitais externos para o Brasil, mesmo com a perspectiva de que os Estados Unidos aumentam as taxas a partir de março. A Selic está em 10,75% ao ano, no maior nível desde julho de 2017.

Enfim, o que achou da notícia?

Então, nos siga no Facebook, Twitter e Google News. Assim você vai acompanhar as principais notícias do Brasil e do mundo no Gazeta do Dia!