Mulher é presa suspeita de jogar filho recém-nascido em córrego

Mulher diz que a família não sabia da gravidez e que o menino nasceu na casa dela e não estava respirando, que ele estava "todo roxo".

Uma mulher de 23 anos foi presa pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na tarde desta segunda-feira (4). Ela é suspeita de ter jogado o filho recém-nascido em um córrego de Três Pontas, em Minas Gerais. Ela foi localizada enquanto tentava fugir para São Paulo (SP), em um ônibus.

De acordo com a corporação, a Polícia Civil (PC) acionou a PRF e alertou sobre a possível fuga da mulher em um ônibus que seguia para a capital paulista. Com a informação, foi iniciado o rastreamento e o coletivo abordado já na rodovia Fernão Dias, no município de Bragança Paulista (SP).

A suspeita foi localizada dentro do veículo e confessou o crime, sendo detida e levada para a delegacia na cidade mineira. Nas redes sociais, circulam conversas da suspeita com uma amiga em que ela diz que estava com medo de ser morta na cadeia por ter jogado o filho no córrego.

No diálogo, ela diz que a família não sabia da gravidez e que o menino nasceu na casa dela e não estava respirando, que ele estava “todo roxo”.

Por nota, a Polícia Civil informou que apura as circunstâncias do encontro do corpo do bebê. “A PC informa que a mãe e suspeita do crime está sendo ouvida pelo delegado neste momento. Outras informações serão repassadas à imprensa após a finalização do procedimento investigativo”, finaliza a instituição.

O crime

O corpo de um bebê recém-nascido foi encontrado dentro de um córrego da cidade no domingo (3). A criança foi achada após um pedestre ligar para um sargento da Polícia Militar afirmando ter visto o menino no córrego.

Enfim, o que achou da notícia?

Então, nos siga no Facebook, Twitter e Google News. Assim você vai acompanhar as principais notícias do Brasil e do mundo no Gazeta do Dia!