Morre Pebbles, cachorro mais velho do mundo, aos 22 anos

A cadela Pebbles, considerada pelo Guinness World Record como o cachorro mais velho do mundo, morreu aos 22 anos.

Morre Pebbles, cachorro mais velho do mundo, aos 22 anos. Foto: Reprodução
Morre Pebbles, cachorro mais velho do mundo, aos 22 anos. Foto: Reprodução

A cadela Pebbles, considerada pelo Guinness World Record como o cachorro mais velho do mundo, morreu aos 22 anos na última segunda-feira (3).

De acordo com a organização, ela morreu de forma pacífica por conta de causas naturais em sua casa na cidade de Taylors, no estado da Carolina do Sul, nos Estados Unidos.

Pebbles estava a cinco de meses de completar 23 anos. A cadela teve o recorde reconhecido pela organização em junho de 2022, quando seus tutores viram que um cão mais novo tinha obtido o título e resolveram contatar o livro de recordes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Bobby e Julie Gregory adotaram a cadela no ano de 2000, quando ela era apenas um filhote. De acordo com um comunicado divulgado pelo casal, Pebbles “viveu uma vida longa e feliz”.

“Ela era uma companheira que só se encontra uma vez na vida, e foi nossa honra termos sido abençoados por tê-la como nosso pet e membro da família. Não tinha ninguém que conheceu Pebbles que não a amava. Ela fará muita falta”, disseram.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no Brasil e no mundo?

Então nos siga em nossas redes sociais, como o Facebook, Instagram e Google News. Assim, você acompanhará tudo sobre economia, esporte, tecnologia, saúde e muitas outras matérias interessantes.